Notícias RegiãoSaúde

Estratégia de isolamento intermitente fechará comércio na próxima segunda-feira

0

Modelo tem o objetivo de controlar a velocidade de transmissão do vírus, em equilíbrio com as necessidades econômicas. Número de casos na cidade está quase 50% abaixo da média do Estado

Os estabelecimentos comerciais não essenciais que tinham liberação para funcionar serão fechados em Pedro Leopoldo na próxima semana, conforme previsto pelo funcionamento intermitente. O modelo foi adotado desde o mês de maio, quando ficou determinado que durante três semanas algumas atividades podem funcionar obedecendo rigorosos critérios sanitários e, durante a quarta semana, devem fechar para reduzir a velocidade de transmissão do coronavírus e para avaliação dos resultados da estratégia. Sendo assim, na próxima semana, de 22 a 28 de junho, a administração municipal irá avaliar novamente os resultados do novo modelo de funcionamento para que a Prefeitura possa então publicar um novo instrumento definindo as políticas a serem adotadas no mês de julho.

36 casos e nenhum óbito

Da primeira vez em que o modelo foi colocado em prática (de 04 a 24 de maio), a avaliação da Secretaria Municipal de Saúde foi positiva, uma vez que considerando a taxa de incidência de Minas Gerais, Pedro Leopoldo estaria com aproximadamente 67 casos positivos no dia 16 de junho, e nesta data, foram contabilizados 36 casos confirmados no município, quase 50% abaixo da projeção estadual. “Considerando que não existe vacina ou medicamento para impedir a contaminação pelo coronavírus, todas as estratégias realizadas são para controlar a velocidade de transmissão. Nesse sentido podemos afirmar que PL tem conseguido manter números abaixo da média estadual, o que reforça que a estratégia de intermitência tem obtido um bom resultado”, avaliou o Secretário de Saúde de PL, Fabrício Simões.

O fechamento e abertura do comércio a cada três semanas é uma estratégia baseada em dados que levam em consideração o equilíbrio entre as necessidades econômicas e sanitárias do município. “Se considerarmos exclusivamente o aspecto sanitário, a decisão de reabertura talvez se estenderia um pouco mais, porém é importante considerar que o Comitê de Enfrentamento ao Covid toma a decisão baseado em diversos aspectos, mas sempre buscando a retomada segura das atividades comerciais”, reforçou o Secretário.

O que pode funcionar de 22 a 28 de junho

– Funcionamento sem aglomeração, meia porta e/ou agendamento: supermercados, padarias, sacolões, açougues e frigoríficos, postos de combustível, casas de ração, laboratórios, hospitais, farmácias, mecânicas, borracharias, lojas de conserto de celular, materiais de construção, distribuidoras de gás e água, óticas, chaveiros, armarinhos, lojas de aviamentos, serviços funerários e serviços de telecomunicação.

– Para entrega em domicílio e retirada no local (pague e leve): Bares, restaurantes e lanchonetes.

– Regime de urgência: Clínicas médicas e odontológicas.

– Observação: Bancos e Correios irão funcionar, respectivamente, de acordo com as orientações da Febraban (Federação Brasileira de Bancos) e Governo Federal.

Comentários

Jornal Policial

Prefeitura exige da VLI a permanência dos canceleiros na passagem de trem

Previous article

Secretaria Estadual de Cultura vai destinar R$ 2,5 milhões para a execução de projetos artísticos e culturais

Next article

Comments

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Login/Sign up
pt_BRPortuguese