Vontade de Urinar Frequente Pode Ser Diabetes

Causas possíveis para a micção frequente

Sintomas da DiabetesA micção frequente pode ter vários motivos diferentes. Apesar de nem sempre ser indicativo de um problema de saúde, vale a pena, tanto homens quanto mulheres, ficarem bastante atentos, sendo preciso procurar um médico para fazer as devidas investigações.

Há três conceitos que devem ser entendidos: poliúria, polaciúria e nictúria. A poliúria ocorre quando se bebe bastante água, mesmo que seja sem intenção. A principal dentre as situações em que se bebe muita água é a diabetes Melittus. A glicose precisa ser diluída para que seja eliminada pelo corpo; assim, quanto mais glicose, mais urina.

A diabetes insipidus, cuja causa é um problema no hormônio antidiurético, pode fazer com que se urine muito. Esse hormônio determina quanta água o rim irá reabsorver. Se o cérebro não produzir esse hormônio de modo suficiente, o rim eliminará mais água em forma de urina. Apesar das graves complicações da diabetes, é possível manter a doença controlada por meio de um bom cardápio para diabéticos e a prática regular de atividade física.

Outra causa de urina frequente é o uso de diuréticos, de modo consciente ou inconsciente. Há pessoas que usam esses medicamentos para tratar algum problema de saúde, mas também há bebidas que funcionam como diuréticos, como a cafeína. Remédios para emagrecer também têm ação diurética.

Pessoas que sofrem de insuficiência renal crônica também tendem a urinar com muita frequência. Isso acontece pelo fato de o rim ter sua capacidade de absorção reduzida. Assim, mais água é eliminada através da urina, que se torna excessiva.

A polaciúria ocorre quando se tem muita vontade de urinar, mas a urina sai em pequenas quantidades. Geralmente, a polaciúria está relacionada a distúrbios na bexiga, na próstata e na uretra, causando um problema muito comum, principalmente nas mulheres: a cistite, chamada de infecção urinária. Uma pesquisa apontou que a cada dez mulheres quatro sofrem de cistite.

Na ocorrência da cistite, a bexiga fica inflamada e, por isso, não pode reter muito xixi. Assim, mesmo as menores quantidades de urina já são suficientes para dar vontade de ir ao banheiro. Além disso, é comum que a pessoa permaneça com vontade de urinar, mesmo depois de esvaziar a bexiga, e também a ocorrência de ardência ou dor no momento de urinar.

Outros problemas que causam micção frequente são as doenças relacionadas à próstata. Se a próstata aumenta, fica mais difícil a saída do xixi. Além dos problemas de próstata, a gravidez também é uma causa da vontade constante de urinar.

O terceiro conceito a ser aprendido, a nictúria, ocorre quando a pessoa levanta, por noite, pelo menos duas vezes para urinar. No caso de homens mais velhos, ela pode ser um indicativo de que há algum problema com a próstata. Entretanto, a nictúria pode ter causas bem mais simples, como a ingestão excessiva de água antes de dormir.

Há alguns tipos de doenças cujos portadores apresentam nictúria: cirrose, insuficiência cardíaca ou doenças que causem inchaço nas pernas. Isso acontece porque, quando o paciente se deita, ocorre a reabsorção dos edemas por parte do sangue, sendo que a água em excesso é eliminada através da urina.

Se o seu caso está relacionado com o diabetes, você pode encontrar tudo sobre diabetes e alimentação saudável para pessoas portadoras do diabetes nesse vídeo:

 Veja mais informações sobre diabetes e tratamentos alternativos para vencer a doença, no site: http://fatordiabetes.com/tratamento

Benefícios do Treinamento Funcional

Treinamento Funcional
Treinamento Funcional

Para manter o corpo em forma é preciso praticar exercícios. Existem diversos benefícios da atividade física para nossa saúde, entre os benefícios estão:

  • Emagrecer, combatendo a obesidade;
  • Melhorar a circulação sanguínea;
  • Aumentar o metabolismo;
  • Fortalecer o sistema imune;
  • Diminuir os riscos de doenças cardíacas;
  • Aumentar a resistência dos ossos, prevenindo a osteoporose;
  • Melhorar a coordenação dos movimentos e do equilíbrio;
  • Aumentar a boa disposição e o bom humor;
  • Diminuir o estresse, risco de ansiedade e depressão;
  • Promover uma maior interação social;
  • Melhorar a imagem corporal e a auto estima;
  • Melhorar a capacidade de aprendizagem.

E a atividade física que pode te ajudar nisso é o treinamento funcional, ele ajuda a corrigir a má postura e desequilíbrios musculares causados pela rotina diária, trabalhos estressantes e estilo de vida agitado.

Quando falamos em perda de peso, o treinamento funcional são um das melhores opões de exercícios para fazer em casa, pois ajuda o corpo inteiro a se movimentar, melhorando a força, resistência e aumenta o metabolismo proporcionando em si a queima de gordura.

Devido os exercícios serem realizados com o próprio peso corporal, o treinamento funcional pode ser feito em qualquer lugar, inclusive em casa.

O treinamento funcional é essencial para o condicionamento físico. Ele reforça a relação entre o sistema nervoso e músculo esquelético para fornecer padrões de movimentos rápidos, reativos e poderosos.

No treinamento funcional cada exercício envolve ativação do núcleo, ensinando o núcleo para estabilizar a coluna contra a força externa, ao longo de uma série de diferentes padrões de movimentos e posturas corporais. Portanto imitando a demanda colocada sobre o núcleo e coluna vertebral em nossas tarefas todos os dias e atividades recreativas.

Hoje, com muitos estudos sendo publicados, sabemos que o Treinamento Funcional trabalha principalmente força muscular, flexibilidade, coordenação, equilíbrio e capacidade respiratória.

Além da tonificação muscular, o treinamento funcional ajuda a melhorar a complexidade do movimento e envolvimento de várias capacidades físicas. Isso faz o organismo gastar mais calorias, além de trazer grandes contribuições, como melhora da flexibilidade, otimização da coordenação motora e equilíbrio.